Quartas-feiras de junho, dias 5, 12, 19 e 26, 20h, no Teatro de Arena de Porto Alegre.

Um escritório, ao fundo a entrada de uma mina de carvão. Guterrez e sua secretária recebem Isabel,  mulher de 60 anos, que veio à empresa respondendo a uma notificação. Ao revelar que busca seu filho Luiz, desaparecido há 12 anos na empresa, estranhos acontecimentos levam Isabel a confundir seu desejo com a realidade.

Com dramaturgia do argentino Daniel Veronese “Formas de falar das mães dos mineiros enquanto esperam que seus filhos saiam à superfície” faz clara referência à obra do escritor húngaro Franz Kafka na construção de um ambiente em que o poder da instituição se sobrepõe ao indivíduo indefeso.

No elenco, Nena Ainhoren vive Isabel, mulher que procura o reencontro com o filho, Dionísio Farias como Guterrez e Morgana Rosa como sua secretária são funcionários de uma suposta empresa/mina . A encenação investe na atmosfera labiríntica, nos diálogos curtos e na economia de artifícios para criar o inusitado proposto pelo dramaturgo.

II Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres

Integrando a programação da II Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, o espetáculo Formas de falar das mães dos mineiros enquanto esperam que seus filhos saiam à superfície, terá duas apresentações gratuitas.

 

Dias 26 e 27 de outubro, às 20 horas

Entrada franca.

Teatro Glênio Peres – 2º piso da Câmara dos Vereadores (Avenida Loureiro da Silva, 255)

O estacionamento é gratuito.

Informações: (51) 3220-4318 (Seção de Memorial).

Confirme presença em nosso evento no facebook.

Voltamos. “Formas de falar das mães dos mineiros enquanto esperam que seus filhos saiam à superfície” em agosto no Goethe.

Em curtíssima temporada nos dias 25, 26, 27 e 28 de agosto, 2016,  retorna a cena no auditório do Instituto Goethe em Porto Alegre, 24 de outubro, 112, 20h.

Atuam Nena Ainhoren, Maria Cecilia Guimarães e João França, dramaturgia de Daniel Veronese e direção de Breno Ketzer.

Confira nos links abaixo algumas criticas que já saíram e sinta-se à vontade de comentar se você já assistiu.

 

http://www.agoracriticateatral.com.br/criticas/73/formas-de-falar-das-maes-dos-mineiros

http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2015/10/colunas/teatro/463821-a-anonima-violencia-dos-desaparecidos.html

 

11º Festival Palco Giratório Sesc

O espetáculo Formas de falar das mães dos mineiros enquanto esperam que seus filhos saiam à superfície realiza apresentações de 5 a 8 de maio, às 20h, no teatro Carlos Carvalho  da Casa de Cultura Mário Quintana dentro da programação do 11º Festival Palco Giratório do Sesc.  Programação completa,  confira o link abaixo: http://www.sesc.com.br/portal/site/palcogiratorio/2016/

Festival Porto Verão Alegre 2016

Espetáculo volta em cartaz no Festival Porto Verão Alegre 2016 nos dias 14, 15 e 16 de janeiro, de quinta a domingo no Teatro do Sesc.

Teatro do Sesc – Av. Alberto Bins, 665.

Ingressos antecipados:

R$ 25,00 inteira; R$20,00 para Clube ZH e Banricompras; e R$15,00 para idosos e estudantes, disponíveis nos postos de venda do Festival (www.portoveraoalegre.com.br).

Ingressos no teatro:

R$30,00 inteira; R$24,00 para Clube ZH e Banricompras; e R$15,00 para idosos e estudantes, a bilheteria do teatro abre duas horas antes do espetáculo.

formas